“Vinte Anos e Um Dia” de Jorge Semprún

Jorge Semprún

Jorge Semprún

“Quismondo, Toledo, 18 de Julho de 1956. Na sua herdade La Maestranza, vinte anos depois de ter estalado a guerra civil, os Avendaño decidem realizar pela última vez a cerimónia expiatória em que, ritualmente, cada ano, reproduzem a execução do irmão mais novo às mãos dos camponeses revoltados. Entre os convidados, encontram-se um hispanista norte-americano, intrigado por tão estranho costume, e um comissário da polícia política empenhado em encontrar um tal Frederico Sanchez, agente comunista. Embora por motivos diferentes, ambos compartem o mesmo interesse pela história recente da família, sobretudo pelas relações secretas de Mercedes Pombo, a belíssima e enigmática viúva. As várias versões que vão surgindo ao longo da história reconstroem os acontecimentos fatídicos que deram origem à cerimónia, mas revelam também relações eróticas ocultas no ambiente espesso e violento do pós-guerra e da clandestinidade antifranquista.”

in contracapa das Edições ASA.
Preço: 14,00€.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s