Rapto em Teerão – Betty Mahmoody e William Hoffer

 

 

Hoje, a história verídica que deu origem ao filme.

“Em Agosto de 1984, uma dona de casa do Michigan, Betty Mahmoody, acompanhou o marido à pátria deste, o Irão, a fim de aí passarem duas semanas de férias. Poucos dias depois, contudo, o marido proibe-a de sair do Irão. Ela e a filha, ainda uma criança, viram-se, assim, transformadas em prisioneiras de um homem que se reconvertera à sua fé muçulmana Xiita, num país onde as mulheres são praticamente escravas e os americanos desprezados.

Para reconquistar a liberdade, Betty trava dois anos de luta incessante, sofrendo humilhações, sequestros, chantagem, violências físicas e morais. A sua única esperança de fuga dependia de um perigoso fora-da-lei, que no entanto, se recusava a levar a criança. Mas Betty opõe-se energicamente, declarando: Não, sem a minha filha!

Este livro constitui, pois, um documento profundamente humano que fica gravado para sempre na nossa memória.”

in contracapa da edição dos Livros do Brasil.

Preço: 14,14€.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s